sábado, agosto 15

Calvin, Haroldo e a Autoavaliação

Átila da Silva, pr.

É ler e refletir:*Será que a reflexão de Calvin pode ser aplicada ao peregrino?
(VISUALIZE MELHOR Clic AQUI)

*Ele deve ser 'bom', ou seja, praticar o amor prático de Cristo, por causa do seu relacionamento de amor com Ele, ou apenas parecer fazer isso?

*O ajuntamento eclesiástico nos condiciona a ser ou a parecer?

*Precisamos ser realmente peregrinos ou apenas para "dar pro gasto"?

Obrigado Calvin...

Obrigado Bill Watterson... The great creator!

4 comentários:

nivaldodelimasilva disse...

pensar...., é ótimo!!!

MULHER VIVA disse...

Alguns cristãos estão somente com o nome de cristãos.Mas o peregrino é autêntico.Erra tentando acertar.Faz o possível para ser modelo do mestre.Outra caracteristica é a solidariedade e para conseguir isso precisa do poder do Espírito Santo.
abçs

mari disse...

Isso me lembra DENOREX.

Abração

Glaucia disse...

Adoro o Calvin...Essa história é o Sermão do Monte "ao contrário"...