sexta-feira, agosto 28

REFLETIR OU FORMATAR???

Átila da Silva, pr.

Existe um poder formatador reinante dentro do ser humano desde tempos imemoriais.
É a tendência que o homem tem de querer controlar o que lhe escapa, lhe sublima, lhe faz refém dos acontecimentos que não pode dirigir ou entender.
Logo, reage atribuindo formatação ao que não pode ser contido por definições ou conceitos. Assim, consegue atenuar sua própria ansiedade e anseio. E continuará fazendo de tudo para concretizar a realidade a partir de SUA cosmovisão (weltanschauung), à sua imagem e semelhança.
Lembro-me do trecho de Romanos capítulo 1 onde Paulo mostra como o homem tem a capacidade de elaborar na sua mente uma 'realidade' diferente do que é efetivamente real (v.21).

O termo grego utilizado é 'dialogismós', que ocorre também em Mateus 15:19; Lucas 5:22; 9:46,47; 1 Coríntios 3:20, dentre outros, sempre com a característica de uma abordagem formatadora e orgulhosamente impositora. É do interior, do coração, da mente que procedem as tentativas de transformação da verdade de Deus e Seus propósitos em modelos deformados de prazer e alegria passageiros.

O peregrino não procura nem se deixa formatar (Romanos 12:2 - literalmente 'metamorfosear') pelos pressupostos escravisantes naturalmente encontrados dentro dele, mas luta para que não adapte, ajeite, acomode, brandeie a rudeza e exigência da peregrinação.

Ele deseja refazer-se o tempo todo (Romanos 6:4 e 7:6), despojar-se e revestir-se da maneira de ser, pensar e viver do Novo, do Mestre. Isto não é ação única, mas um processo diário firme, insistente, de reformulação do olhar analítico, reflexivo e das idéias e posturas resultantes dele.
A grande maravilha da caminhada peregrina é que sempre se deixa para trás o que passou, não se vive rondando, circulando o mesmo trecho (40 anos no deserto das idéias!), mas novos passos, novos desafios, novas transformações e novas perspectivas vão se realizando pela direção do Mestre, Pastor, ao lado do Seu peregrino. Filipenses 3:13 e 14.
Ilustrações in:
alfaleninha.spaces.live.com
flickr.com
muddypickles.wordpress.com

Um comentário:

Sandro e Marilene disse...

Mano, e por falar em seguir a diante :
Descobri que o ser humano gasta mais de 50% de sua energia cerebral(watt, joule) remoendo o passado, revivendo aquilo que não pode ser mudado ( ai se eu tivesse feito ...).
Nele que nos ensina a viver o dia chamado hoje.
Abração do Sandro