sexta-feira, setembro 11

ATITUDE FILOSÓFICA É TEMA DE CAMPANHA

Átila da Silva, pr.

Temos incluido nesse espaço o incentivo semanal à leitura e ao estudo compromissado com o texto e o contexto bíblicos, além de mostrar que o caminho de mudança de vida próprio da peregrinação verdadeira em Cristo, passará necessariamente por REFLEXÃO.

Como temos a capacidade da introjeção e nosso meio social (inclusive evangélico) não prioriza ou priveligia a meditação e a reflexão filosófica questionadora, acabamos por terceirizar a tarefa, "árdua demais", de refletir e buscar perguntas que nos façam questionar de maneira profunda a realidade que nos cerca, a qual escolhemos para desenvolver nossas interações.

O cerceamento da reflexão é o instrumento predileto do dogmatismo religioso e do autoritarismo que infesta púlpitos, reuniões de estudo bíblico, de oração, de sociabilidade, de lideranças, de ajuntamento eclesiástico.

O peregrino sabe que tem a liberdade de questionar e refletir sobre todas as coisas para que com maior discernimento consiga perceber as respostas de Deus em Sua Palavra.

Por isso, incluo mais essa sensacional manifestação de apoio à reflexão filosófica.

Como disse o caro Professor John Stott "Crer é também pensar".






video

video

Leia um capítulo interessante: "A chamada ao Estudo"; John Stott. Baixe

Compre o livro "Crer é também Pensar" - ABU Editora, do mesmo autor.

FONTE DOS VÍDEOS:

http://www.futura.org.br/main.asp

4 comentários:

Sandro e Marilene disse...

Mano, que Deus te abençoe !

Peregrinando vou pelos montes, vou pelos vales, sempre na LUZ !

Abração do Sandro

Sandro e Marilene disse...

Compreender que temos a liberdade de chegarmos até Deus sem interferência de atravessadores, nos ajuda a perceber quando estão tentando limitar o nosso entendimento sobre essa liberdade e que a palavra de Jesus é livre para todos aos que buscam a sua orientação.

Abração da Mari

MULHER VIVA disse...

Pr.Estou procurando os livros citados,caso tenha para emprestar eu gostaria.
abçs
Naiá

Sandro e Marilene disse...

Mano, estou lendo e concordando em vários aspectos.

Vamos quebrar essa "acefalia" espiritual que impera até entre os aspirantes a discípulos.

Abração do Sandro