terça-feira, junho 16

O PEREGRINO E O CORAÇÃO ILUMINADO

Átila da Silva, relendo David Martin Lloyd-Jones.

Falando sobre Mt.5: Chegamos agora ao que indubitavelmente é uma das maiores afirmações encontradas nos vastos domínios das Escrituras Sagradas. Quem quer que chegue a captar, mesmo que apenas um pouco, o significado das palavras: "Abençoados os puros de coração, porque verão a Deus”, poderá abordá-las, somente, com temor e completa falta de adequação. Está aí, por certo, a própria essência da posição e do ensino cristãos. É disso que trata o cristianismo, esta é a sua mensagem. O Evangelho de Jesus Cristo lida com as coisas do coração, ênfase e cerne do Seu ensino. Leia os Evangelhos e você verá que, do começo ao fim, Ele fala a respeito do coração.
Nosso Senhor, sem dúvidas, escolheu essa ênfase por causa dos fariseus. Era a grande acusação que Ele carregava contra eles, pois se mostravam interessados pelo exterior dos copos e pratos, enquanto ignoravam o interior. Vistos exterior­mente, estavam sem mancha, mas, por dentro, repletos de rapina e iniquidade. Sua maior preocupação era com o conjunto de atos externos da religião, logo, esqueciam os preceitos mais importantes da Lei, a saber, o amor a Deus e o amor ao próximo.
Assim é que o Senhor repete Sua grande ênfase sobre o coração, e destaca o cerne dos Seus ensinamentos. A ênfase não está na mente ou intelectualidade, mas na condição do coração. Como anda o seu coração, o seu interior? As pessoas podem ver uma aparência de santidade, mas o Senhor vê o coração. Se você não abrir-se, mudar por dentro, não haverá religiosidade ou boa aparência que faça você chegar ao caminho estreito do discipulado de Cristo.
Ter o coração transformado todos os dias é próprio do peregrino. Gerar frutos de amor no relacionamento com as pessoas é próprio do coração do peregrino. Criar pontes e destruir os muros entre as pessoas é próprio de um coração iluminado, peregrino.
Quero ser ponte para você. Seja ponte para mim.


David Martin Lloyd-Jones,
“Studies in the sermon on the mount”,
Eerdmans. pp.90 a 93 - Tradução e adaptação: Átila.
Ilustração:www.carteiroonline.com

DE UM OUTRO PONTO DE VISTA.

Átila da Silva, pr.

video


VEJA, OUÇA, LEIA E REFLITA: Será que João Alexandre foi parcial em sua visão ou sua música supre uma boa sugestão de leitura do fenômeno da religião midiática brasileira?
____________________________

João Alexandre

PROCURO ALGUÉM PRA RESOLVER MEU PROBLEMA,
POIS NÃO CONSIGO ME ENCAIXAR NESSE ESQUEMA,
SÃO SEMPRE VARIAÇÕES DO MESMO TEMA,
MERAS REPETIÇÕES.

A EXTRAVAGÂNCIA VEM DE TODOS OS LADOS,
E FAZ CHOVER PROFETAS APAIXONADOS,
MORRENDO EM PÉ, ROMPENDO A FÉ DOS CANSADOS
QUE OUVEM SUAS CANÇÕES.

ESTAR DE BEM COM A VIDA É MUITO MAIS QUE RENASCER.
DEUS JÁ ME DEU SUA PALAVRA,
E É POR ELA QUE EU AINDA GUIO O MEU VIVER!

RECONSTRUINDO O QUE JESUS DERRUBOU.
RECOSTURANDO O VÉU QUE A CRUZ JÁ RASGOU.
RESSUSCITANDO A LEI, PISANDO NA GRAÇA,
NEGOCIANDO COM DEUS!

NO SHOW DA FÉ MILAGRE É TÃO NATURAL,
QUE ATÉ PREGAR COM A MESMA VOZ É NORMAL.
NESSE ‘EVANGELIQUÊS’ UNIVERSAL SE APOSSANDO DO CÉU.

ESTÃO DISTANTES DO TRONO,
CAÇADORES DE DEUS,
AO SOM DE UM SHOFAR.
E MAIS UM ÍDOLO IMPORTADO
DITA AS REGRAS PARA NOS ESCRAVIZAR:

É PROIBIDO PENSAR!

no CD com mesmo nome: http://www.joaoalexandre.com.br/
___________________________________________________

Os versos bíblicos, logo abaixo, podem ser aplicados às manifestações midiáticas levantadas pela música?
______________________________________________________
"...virá o tempo em que não suportarão a sã doutrina; ao contrário, sentindo coceira nos ouvidos, juntarão mestres para si mesmos, segundo os seus prórpios desejos. Eles se recusarão a dar ouvidos à verdade, voltando-se para os mitos" (2ª a Timóteo 4:3, 4).

" Ao contrário de muitos, não negociamos a Palavra de Deus visando lucro..." (2ª aos Coríntios 2:17)
Ambos os textos foram retirados na NVI.