segunda-feira, setembro 21

DOMANDO O CAVALO XUCRO...

Átila da Silva, pr.

É maravilhoso podermos contar com Aquele que nos conhece por completo.
O caminho com Cristo é o aprendizado da inquietante verdade de que não devemos depender de outras pessoas, a não ser dEle, a fim de encontrarmos recursos para enfrentarmos os problemas que achamos que temos.
A Bíblia nos diz que enquanto não nos rendemos a Ele não podemos nos livrar daqueles nossos pensamentos egoístas e exigentes, que insistem em achar lugar na mente. Eles apontam, quer seja na direção da atenção exclusiva de pessoas, quer no sentido do pensamento igualmente possessivo de que nossos problemas são maiores do que os de outros e isso nos dá o direito de obter atenção e, principalmente, respostas imediatas e satisfatórias para os nossos questionamentos.

Quando não nos submetemos a Ele, agimos como um cavalo indomável à procura do que achamos ser o melhor para nós, a ponto de não respeitarmos os outros em suas limitações, oprimirmos os amigos e não percebermos que existem limites que não podemos ultrapassar.

Além de tudo isso,
não permitimos que Deus atue quebrando nosso ser.

Deixamo-nos persuadir pelo pecado do desespero e dos sentimentos contraditórios, os quais nos impulsionam na direção de qualquer resolução para aquelas coisas sobre as quais não temos o poder, as condições, o discernimento, a vontade de entregar e, principalmente, a permissão de Deus para tentar mudar com a insanidade das nossas mãos, quase sempre dependentes da própria força.
O peregrino sabe que deve domar esse cavalo xucro!
Quando houver a reflexão, a internalização e a prática dos princípios de vida de Deus não precisaremos mais ser reféns da visão e dos valores distorcidos que nos fazem adoecer na alma.

Fotos estilizadas por CONTRA MÃOS:
- mytho.com.pt
- news.softpedia.com

- myspace.com