terça-feira, abril 27

REFLEXÃO DE CASAMENTO

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

OCASIÃO: Casamento de nossos filhos Louise Cristina e Renato.
DATA: 24/04/2010.
Texto escolhido pelos noivos: Ef.3:20,21a

Louise Cristina e Renato escolheram um pequeno verso para nossa meditação nesta tarde, o mesmo que abre o seu convite de casamento:

“Ora, a Deus que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a Ele seja a glória”

Esse verso é muito interessante, meus queridos, foi escrito em língua grega, nos idos do ano 61 de nossa era, por um homem especial. Ele ostentava os mais altos títulos acadêmicos de sua época, compunha o grupo de notáveis em seu país que gerenciava questões de interesse público, ocupou um alto posto na hierarquia governamental ligado à manutenção da pureza institucional e do bem comum, vinha de uma família tradicional ligada à Lei e ao ensino e com dupla cidadania, era um poliglota versado na filosofia judaica e grega.
E no momento exato em que escreveu “Ora, a Deus que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a Ele seja a glória”, estava numa prisão romana, por causa da luta por suas convicções e sua filosofia de vida.


Bem, esse homem, envolto por tantas distinções e recomendações, seria, hoje, em 2010, um padrão de sucesso, de inteligência, de cultura, de mente aberta e arejada, enfim, uma pessoa modelar. E alguém assim, com independência e realização, logicamente desprezaria qualquer necessidade pessoal de Deus ou Jesus Cristo.


Bem ao contrário, Paulo de Tarso, um dos escritores mais profícuos do chamado Novo Testamento Bíblico, nos mostra nesse pequeno verso, duas verdades que poderemos aplicar a todos nós aqui, tanto na vida, quanto nos relacionamentos:

A Primeira verdade:

1. Deus é Altor do ser humano - Deus que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos.

A segunda verdade:

2. Deus é abençoador do ser humano - conforme o seu poder que opera em nós.

________________________________________________

Na primeira verdade:

1. Deus é Altor do ser humano - “Altor” com a letra 'L', o que em língua portuguesa significa 'Aquele que nutre ou sustenta'. Aquele que nutre e sustenta vocês e a mim, a toda mulher e a todo homem que O buscar. Assim também ao relacionamento familiar. Não é bonito? Isso fica claro nessa mesma obra de Paulo, onde a palavra grega “patriá” aponta para a paternidade de Deus como a gênese da família (v.15). Louise, Renato, muitas pessoas ignoram o alicerce sobre o qual o lar é construído. Alguns vão a um templo ou realizam uma cerimônia buscando legitimação socio-religiosa, ou uma bênção de alguém maior - de um sacerdote autorizado, que tenha poder ou fácil entrada com o Divino - buscam um talismã, uma vacina contra o fracasso: “- Ai Deus, que seja eterno enquanto dure!”. Literalmente terceirizando sua responsabilidade pessoal, o que pode ser real em qualquer forma de rito, independente de religiosidade.

      Mas o fato é que todo casamento começa sobre um alicerce escolhido pelos noivos. Hoje em dia pode ser uma gravidez inesperada que inaugure o casamento; uma harmonia de desempenho biológico, sexual; uma fusão de patrimônios ou uma opção de fuga. É por isso, que muitos lares não têm conseguido permanecer, pois, assim que um ou outro não correspondem às expectativas, a decepção se instala e aquele relacionamento passa a ser insuficiente para a realização da minha felicidade.

       Porém vocês, Louise e Renato, já tratam a Pessoa de Deus não como uma ideologia religiosa, aquela que aliena e priva qualquer pessoa da autonomia lúcida, mas como Aquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo que vocês possam pedir ou pensar.
       Vocês já sabem, meus amados, que começar uma vida a dois sobre o relacionamento pessoal com Aquele que nutre e sustenta é o primeiro passo para a felicidade e a paz, do hoje e de todos os dias que virão. Na verdade, vocês não vieram buscar uma bênção, porque vocês já a tem em suas vidas: Jesus como seu líder e amigo de caminhada. E os que caminham para uma vida a dois ou quaisquer lares aqui representados, não importando o tempo de relacionamento, poderão começar ou recomeçar agora mesmo, sendo nutridos por Jesus. Basta pedir em seu coração, para que primeiro você e depois o seu cônjuge e o lar, sejam dirigidos por Ele, entregando a liderança do próprio viver para que seja transformado por Seu amor, de dentro para fora, permitindo que Ele seja em vocês e através de vocês.
 ____________________________

Isso nos leva à segunda verdade:

Além de Deus ser o Altor, Ele é o abençoador do ser humano.

2. Deus é abençoador do ser humano - conforme o seu poder que opera em nós.

        Queridos, Deus nutre e supre, Ele é o abençoador da mulher e do homem, do casamento e do lar. Alguém poderá pensar que nutrição e suprimento já são bênçãos de Deus. Sem dúvida, mas o nosso texto aponta para a bênção como consequência direta do relacionamento pessoal com o Mestre.
       Assim é que, quando buscamos construir nossa vida e depois o nosso relacionamento sobre a base de amor que é Jesus, nos credenciamos à esfera do milagre, da ação abençoadora de Deus (conforme o seu poder – dynamis, ato de poder, milagre – que opera em nós). Não estou falando do milagre como “o maior espetáculo da terra brasilis”, como temos visto aleivosos pregadores midiáticos na TV e no rádio. Mas da bênção de sermos escolhidos... nós imperfeitos... de nos tornarmos, no cotidiano e a cada momento, um canal do amoroso poder transformador de Cristo em ação (do poder que opera em nós). E isto acontece sempre que abrimos o nosso ser para que Seu amor seja em nós e através de nós, transformando-nos e alcançando os outros ao nosso redor. Por isso, quem tem Jesus como sustentador da vida e do lar estará sempre às voltas com o milagre do amor. A indiferença é transformada em valorização do próximo, mesmo que às vezes não seja tão próximo assim. A crítica dá lugar à atenção às necessidade e motivações do outro, o egoísmo cede lugar ao amor altruísta.
       Então, o poder em nossa vida não será a deificação de reuniões religiosas dominicais, tantas vezes repletas de exclusivismo e inércia, travestidos de piedade. Não será a face de um ídolo, seja ele interior ou exterior. Mas será o amar a Deus de maneira prática sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos.

Amados filhos, que sua união seja suprida e nutrida por Jesus, a fim de que sua força milagrosa potencialize o amor em vocês a todos os semelhantes, especialmente aos cansados e sobrecarregados.

Que vocês não sigam a lógica atual que une o sucesso do casamento ao volume de patrimônio, ao ter e não ao ser.

Que vocês busquem sempre viver a sua união de amor e cumplicidade dependentes do amor de Jesus. Assim, certamente Ele será:

1. O Altor do relacionamento de vocês – pois é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos.

2. E o Abençoador do relacionamento de vocês – conforme o seu poder que opera em nós.

A Ele seja a glória, nessa família, em nossos corações, agora e sempre...

2 comentários:

Douglas disse...

E aí meu irmão e pastor Átila. Gostei muito da mensagem. Estou fazendo um "clonezinho" para compartilhar com um grupo de casais maduros. Algo que tem tudo a ver com nutrição em uma história um pouco "oxidada pelo tempo". Obrigado pela idéia. Ah... tenho algumas coisas boas para compartilhar sobre saúde. Se quiser saber me escreva...Abç
Jesus bless you
Douglas Pie

Átila e Alice disse...

Obrigado, meu irmão Douglas. Que o Senhor continue usando você na vida desses casais para promoção de maturidade e vivência do amor prático do Mestre.
Átila