sábado, fevereiro 26

O LÍDER MULTI-TAREFA!

Átila da SIlva para o CONTRA MÃOS

Uma das grandes desventuras de um líder espiritual cristão é reforçar pensamentos não bíblicos na mente e na prática das pessoas para as quais ministra. “Um dos 'maiores pecados' é enganar o povo com a Palavra de Deus”. Quando o Dr. Howard Hendricks [1] compartilhou com nossa classe de Educação Cristã essa afirmação, não havia condições de percebermos sua profundidade. Hoje, entretanto, entendemos que o nosso professor queria alertar-nos para a realidade com que um líder pode cutivar para si um grupo refém da sua própria orientação, bastando, para isso, colocar-se como ponte entre Deus e o povo, meio sacrossanto, além de convencê-lo de que a palavra que vem de Deus sempre será intermediada por ele.
_________________________________
 [1] O Dr. Hendricks não quis dizer, obviamente, que existem tamanhos de pecado. Apenas quis dar ênfase à uma prática comum de pastores, líderes e professores de escola dominical, seminários, grupos pequenos, células... etc. Leia seu pequeno, mas ebuliente livro "Ensinando para transformar vidas", Editora Betânia. Encontre-o in http://www.erdos.com.br/detalhe_pro2.php?id=1453

Hoje, a facilidade de encontrar em um grupo "analfabeto bíblico de pai e mãe"[2]  aspirações tradicionais, opções utilitaristas e a presença de um cristo magicamente produzido à sua imagem e semelhança[3] proporciona o campo fértil para que um líder seja desonesto o suficiente para fazer com que as pessoas criem com ele o laço que lhes compete ter APENAS com Jesus.
_________________________________
 [2] Embora pensem que o tempo de frequência ao templo, aos grupos de estudo, etc., possa lhes dizer o contrário!
 [3] Veja a sensacional descrição "Aquele Cristo Utilitarista" de Aiden Wilson Tozer, em seu contundente volume "A Raiz dos Justos", Editora Mundo Cristão, pp.16 a 18.


Logo, assim como ninguém pode assistir a um telejornal, a um filme, a uma propaganda, ler um livro, uma revista ou mesmo conversar sem manter uma aitutde crítico-avaliativa, o discípulo de Jesus NÃO PODE desligar seu fire-wall mental, sua capacidade de análise a partir da Palavra, quando ouvir uma pregação/mensagem/estudo bíblico. A Bíblia diz: "Examinai tudo. Retende o bem" (RA) - 1 Ts.5:21. 'Examinar' é 'testar, por à prova'. O cadinho do teste, a fornalha onde se verifica a pureza do que se ouve, é a Palavra de Deus. Por isso, cada vez mais, é necessário aprofundar-se no estudo da Bíblia sob a direção e iluminação do Espírito Santo, sem a postura pueril de credulidade, ou seja, "tudo o que se diz é válido e vem de Deus". Isso não é assim desde os tempos bíblicos!

Um bom líder faz o povo estudar, pensar, conferir coisas espirituais com espirituais e objetiva a autonomia das pessoas em relação ao seu próprio ensino[4], afim de que busquem por si mesmas o alimento maravilhoso da Palavra de Deus. Isso as fará deixar de ser 'crentes de domingo' e as fará voltar a ser "o povo do livro" todos os dias e cada um deles.
_________________________________
[4] Um  líder qua age assim não ficará obsoleto, pois terá dentro de si a mesma ânsia de busca e vivência dos princípios de vida de Deus. Sempre terá em si águas renovadas para compartilhar e estimular a outros.

ILUSTRAÇÕES:
1. De Johnson na revista Leadership: http://www.christianitytoday.com/le/.
2. www.freethingstodoindallas.com

2 comentários:

Renan Alencar disse...

Átila,

Obrigado por mais esse post. Sempre com boas reflexões.

Deus abençoe

Átila e Alice disse...

Obrigado, Renan, por seu comentário.
Abraço.
Átila