sexta-feira, novembro 11

FRASE DE COLANTE DE CARRO... CORRETA OU EQUIVOCADA?

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


A frase de efeito figurava no vidro traseiro de um carro em meio ao trânsito cansativo.


É uma daquelas ideias que, em um primeiro momento, faz sentido e desafia o leitor a tentar realizá-la, pois aparentemente só depende dele "o querer e o efetuar"!

Entretanto, ao aplicar-se a um breve período de reflexão, isenta daquele simples mas poderoso apelo emocional inicial, o leitor da frase começa a perceber que ela propõe um mapa para um caminho inexistente... pode-se tentar encontrá-lo, porém a frustração do engano se assemelha à busca da antiga fonte da juventude por Juan Ponce de León... (1)

Bem, mas de que frase estamos falando?
"A oração move o coração de Deus".


Para o discípulo amadurecido essa frase é um grande equívoco, pois o que acontece verdadeiramente é o oposto! Ou seja, a oração move o coração de quem busca para o Senhor (afinal, Ele é o Senhor!), de encontro ao pedido inevitável explanado por Jesus: "seja feita a Tua vontade" (Mt.6:10; 7:21,22; 12:50; 26:42 - Leia-os abaixo) (2).

Nenhum texto do Novo Testamento dá se quer a noção de que qualquer oração poderá operar uma mudança dos planos divinos, pois Sua vontade era e continua sendo "boa, perfeita e agradável" (Embora nem sempre pensemos que seja tão agradável assim!).

Deixe-se ser movido pela oração para Deus e Sua vontade. Esse é o caminho mais curto para mudar a visão do ontem, do hoje e, certamente, do amanhã.
Logo, poderíamos modificar o texto do colante no vidro do carro para:

"A oração move o meu coração para a vontade de Deus"


NOTAS:
(1). Ponce de León (1460-1521), explorador espanhol nascido na província de León, no noroeste da Espanha. Em 1493 esteve com Cristóvão Colombo na sua segunda viagem à América. Ponce de León foi governador da colônia em Porto Rico, a qual estabeleceu (1508). Em Porto Rico ouviu falar de uma ilha chamada 'Bimini', onde boatos indicavam a existência de uma fonte que restabelecia a juventude de todos que nela se banhassem. Alguns historiadores pensam que é justamente essa fonte que ele buscava quando descobriu a Flórida. Ele está enterrado na catedral de San Juan Bautista, Porto Rico.

(2). Veja os textos (NVI):
  • "Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu";
  • "Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’23 Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!’ ";
  • "Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão...";
  • "Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade".

2 comentários:

Edivaldo disse...

Comecei a filosofar e cheguei a minha conclusão: orar é conversar com o meu Pai, Ele sabe que peço de mais, entretanto as vezes ele me diz sim outras não. Sei que, só faz o que lhe é a sua vontade, mas as vezes a vontade dele coincide com a minha. Para mim oração até pode ser uma terapia, no entanto é muito mais que isso, principalmente para aqueles que têm fé.

Alfredos & Osvaldos disse...

Ótimo o seu blog e parabéns! Me mantenha atualizado dos seus posts...
Abraço

Twitter: @maskaradu