sexta-feira, novembro 23

Alma do negócio?

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
A pergunta acima não tem nexo nos dias de hoje. O capitalismo agressivo baseado no consumo de bens e serviços de toda a ordem, inclusive os da esfera da manipulação da fé, não tem almaMas é assemelhado a uma entidade do mal que vaga nesse plano espiritual sorvendo a vida dos homens, verdadeira personificação de doença oportunista. Parece-se, por outro ponto de vista, com uma fome de alma que não quer ser saciada.
Esse 'negócio' não tem alma, mas tem boca e dentes afiados. 
Esse 'negócio' não tem alma, mas tem raiz daninha...

"porque raiz de todos os males é o amor ao dinheiro. Alguns, esforçando-se ansiosamente para agarrá-lo, desviaram-se da fé e torturaram a si mesmos com muitas aflições".
FONTE:
1. Letreiro composto por CONTRA MÃOS a partir de: igepri.org.
2. Texto bíblico: Primeira carta de Paulo a Timóteo, capítulo 6 e verso 10. Tradução pessoal.

segunda-feira, outubro 29

Saiba o seu lugar...

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

"Meus caros, a segunda pessoa que mais me perdoa na vida é a minha esposa"

Ou seja, ninguém é santo ou sobre-humano ou super-humano. Somos, apenas, humanos... carentes da Graça do Senhor e que precisamos nos dispor a ser transformados todos os dias através de trabalho de alma sério e continuado (Rm.12:1,2 - Cl.3).


"Ninguém pense de si mesmo além do que convém" (Rm.12:3).

FONTES:
Rm.12:3 - Almeida Corrigida Fiel.

segunda-feira, outubro 15

Abraço aos mestres da fé para a vida...

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


O Evangelho de Jesus e o ofício do ensino tem uma ligação visceral e indivisível. Desde os esforços mais básicos da fé até as atuações pedagógicas do Espírito de Deus, o discípulo usufrui de treinamento pedagógico holístico (mente, emoções,etc.) próprio do Caminho estreito do Mestre. É interessante notarmos que até mesmo os líderes espirituais no Novo Testamento necessitavam dessa qualidade essencial para sua qualificação: APTO PARA ENSINAR (1). Infelizmente, alguns líderes atuais reputam essa qualidade à esfera do dom espiritual ou da ênfase ministerial, descartando o texto de Paulo a Timóteo dentro do contexto tencionado por Deus, Autor da Palavra. Mas, isso não é privilégio trágico só da qualidade essencial do ensino. O 'ser marido de uma só mulher' também passa por uma "releitura" própria de quem tem a ânsia da preservação do orgulho pessoal e não da vocação... Bem, esse é assunto para um próximo post.
Deixo minha homenagem àqueles que tem dedicado a vida a espelhar o exemplo do Mestre dedicando-se à diaconia da Palavra, como, também, os apóstolos haviam entendido que deveriam fazer...(2) 

NOTAS:
1. 1 Timóteo 3:2 e 2 Timóteo 2:24.
2. "Mas nós perseveraremos na oração e no ministério da palavra": ἡμεῖς δὲ τῇ προσευχῇ καὶ τῇ διακονίᾳ τοῦ λόγου προσκαρτερήσομεν - diaconia da Palavra!

sábado, setembro 29

A VIDA COMO ELA É? Refletindo sobre a visão que temos da vida...

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


Esse Mito ou Alegoria da Caverna, de Platão, é tão antigo e famoso, mas ainda pode nos ajudar a refletir sobre a visão que temos da nossa vida e da vida que se passa fora de nós.


Para acompanhar: Romanos 12:1,2.
Portanto, irmãos, rogo-lhes pelas misericórdias de Deus que se ofereçam em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus; este é o culto racional de vocês. Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Pois pela graça que me foi dada digo a todos vocês: ninguém tenha de si mesmo um conceito mais elevado do que deve ter; mas, pelo contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu.

FONTE:
Vídeo do RefletirTV: http://youtu.be/II1DOuCDcX8.

terça-feira, setembro 25

'DivulgaCand': CONHEÇA OS FICHA LIMPA / FICHA SUJA

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

O "DivulgaCand" é uma ferramenta disponibilizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para que os eleitores brasileiros tenham mais uma fonte de informações facilitadoras do ato de votar. O site mostra a situação real de cada candidato que pleiteia um cargo público nas próximas eleições. O cristão é uma pessoa, por vocação, interessada e ativa no estabelecimento do bem comum. Logo, votar é um ato mais que democrático, é cristão, à medida que o voto pode garantir o estabelecimento de políticas públicas que propiciem o bem de todos e a concretização da justiça social.
Então, convoco você a consultar as listas e descobrir quais candidatos da sua cidade não carregam uma ficha suja! Manifeste suas convicções cristãs votando de maneira consciente.


quarta-feira, agosto 29

RENOVAÇÃO ESPIRITUAL PARA A LIDERANÇA ESPIRITUAL

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

Estamos inseridos em uma estrutura sócio-relacional onde 'líderes' são figuras indispensáveis para a manutenção da organização e do bem estar comum. Cada um deles representa, atua e atende os anseios das pessoas que representa, a fim de que todos sejam beneficiados e usufruam de qualidade de vida igualitária e libertária em todas as dimensões da vivência: espiritual, emocional e física.
Quando pensamos em uma comunidade de fé (pode ser uma igreja, um grupo de estudo bíblico, etc.), esse fato se torna ainda mais importante. Os  líderes foram postos por Jesus para ser uma ponte de manutenção (relacional, existencial, espiritual, etc.), uma ilustração da representatividade (Delegação de um grupo), uma figura ou tipo de Cristo (Inspiração de vida cristã sob vivência madura).
Entretanto, atualmente, onde personalidades tremeluzentes, cintilantes, dão prosseguimento à 'Obra do Mestre' seguindo métodos do mundo da diversão, encontramos líderes representando apenas a si mesmos. Detentores (Algozes) da Palavra de Deus, vociferam sobre a Sua (Deus) vontade como se equivalesse à sua vontade.
Pensamos que o movimento evangélico continuará  a afastar-se continuamente da proposta do Novo Testamento a menos que essa liderança mude do astro religioso atual para o discípulo que se anula a si mesmo.
Devem ser líderes que não pedem louvor, nem buscam posição de destaque, mas só são felizes quando a glória é atribuída a Deus e, eles próprios saem de cena, esquecidos.
Enquanto pessoas como essas não retornarem à liderança espiritual, podemos esperar a deterioração progressiva da qualidade da confissão de fé do povo e da perda do caminho pelo grupo, até que o objetivo essencial seja esquecido e dê lugar ao entretenimento e à simples reunião como cerne do que se faz.
Disse Aiden Wilson Tozer em 1960: "É questão aberta se o movimento evangélico pecou demais e se afastou demais de Deus ou não para poder retornar à sanidade espiritual. Pessoalmente, não creio que seja tarde demais para o arrependimento, se os cristãos de hoje repudiarem toda a má liderança e procurarem a Deus com verdadeiro arrependimento e com lágrimas. O se é o grande problema. Eles o farão? Ou estão muito satisfeitos com as brincadeiras e a ostentação religiosa para sequer reconhecerem o seu triste abandono da fé neo-testamentária?" 

FONTE:
1. Foto: vishal-raj.blogspot.com.
2. Foto: fotki.com.br
3. "De Deus e o homem". Editor Mundo Cristão, p.16. Grifo nosso.

terça-feira, julho 31

A medalha quebrada e o texto bíblico olímpico

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
A história da medalha de bronze danificada, que envolveu o nosso caro atleta brasileiro, Filipe Kitadai, fez-me lembrar imediatamente do "texto olímpico" da primeira carta aos coríntios:

"Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre" (1Co.9:25).

Temos nos submetido ao treinamento rigoroso e regular do estudo da Bíblia dentro do seu texto e seu contexto? Ou temos terceirizado isso a figuras de líderes religiosos que podem ajudar, mas que não podem substituir o estudo bíblico pessoal?
Temos aplicado à vida interior e à interpessoal os princípios vivos conseguidos a partir da iluminação do Espírito e a transpiração própria daquele que entende que tem diante de si a Palavra de Deus?
Temos sabido viver a graça do privilégio de andarmos com Cristo no Caminho Estreito?
Temo lutado para submeter nossos impulsos naturais à obediência da Palavra (vv.26,27)? Ou temos vivido a falsa graça do "tudo posso e tudo me convém"?

Lutemos para mantermos a sanidade espiritual em meio a tantas opções de descaminhos, pois ela não acontece automaticamente! 

FONTE:
Ilustração: picasaweb.google.com
Texto bíblico: NVI.

quinta-feira, julho 19

Meu time... minha vida

Átila a Silva para o CONTRA MÃOS


A paixão pelos esportes está ligada ao sentido primitivo de competição que existe entre os seres humanos em seus relacionamentos interpessoais. A identificação com clubes de basquete, futebol, vôlei, futebol de salão, badminton (e outros, rsrs), promove a sensação de prazer a cada experiência de vitória que as agremiações  proporcionam. Se há derrota, o torcedor  vive o luto correspondente, mostrando que o ocorrido afeta um item que envolve alta consideração em sua escala de valores. Isso é saudável, se vivido com discernimento. A consciência de que nosso valor pessoal não está ligado à dinâmica 'vitória-derrota' de um time é essencial para se manter o equilíbrio.
Algumas pessoas não conseguem compartimentalizar essa experiência, ou seja, não a percebem como apenas um detalhe da vida. Se não conseguem ver-se maior ou além do clube que 'defendem', chegarão certamente a lançar-se para enfrentamentos com outros torcedores, indo mesmo até às últimas consequências!
Usar a camisa do clube é vestir 'um manto sagrado'. Cantar o hino de cor é base de fé, identificação e pertencimento. "Meu clube, minha vida"!
Podemos ver pessoas assim vestidas, paramentadas, identificadas por camisetas de clubes até mesmo em celebrações de comunidades de fé. Não é a falta do que vestir. É um pouco de si naquele brasão... é a autoafirmação que acompanha um grupo de pessoas que ele admira... idolatra...
Gostaria de ver os discípulos de Jesus com tamanha identificação. Sem dúvida a nossa camisa retrataria a luz e o sal. E nosso 'grito de guerra' seria feito das palavras do Mestre:

"Vocês são a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Pelo contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus".
Vamos viver essa verdade!

FONTE:
1.foto: decolalinks.com
2. foto: zionsaltandlightjournal.blogspot.com
2. Evangelho de Mateus 5:14 a 16 (NVI).

quarta-feira, junho 13

Profissão ou vocação?

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


"Assim como a política,
a religião não deveria ser profissão"


"O pregador não é um homem profissional [...];
seu ministério não é uma profissão;
é uma instituição de Deus,
uma devoção a Deus".
E.M.Bounds


In
Brothers, We Are Not Professionals: A Plea to Pastors for Radical Ministry; John Piper. B & H Publishing Group, 2002, p.1
em português - http://www.vidanova.com.br/produtos.asp?codigo=429

segunda-feira, junho 11

Pense e viva!

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


"O Senhor é o meu Pastor,
nada me faltará para servi-LO"!






Fonte - figura: wesleyshorse.blogspot.com

quarta-feira, maio 30

Religião sem vida...

Átila da Silva para o Contra Mãos


Uma característica básica da religião atual é criar um estado de alma rígido e, ao mesmo tempo, alienado em seu seguidor / sua seguidora.

O religioso transforma-se em pessoa que perde o coração e recebe um polígrafo completamente desregulado em seu lugar.

Assim, o que pode ser a 'verdade verdadeira' (Desculpe a redundância!) vai sendo revelada pela ânsia de medir os caminhos dos outros, passando-os pelo' detector religioso de vida torta e sem recursos'. 
(1)
O religioso interpreta os resultados obtidos a partir de sua própria vida, pois posiciona-se como padrão de pureza e comprometimento com a causa religiosa.

Logo, essa triste realidade interior cristaliza os dogmas e as maneiras de ser apreendidas na religião (eclesiástico-denominacional) e risca um trajeto seguro e manipulável de salvação... caminho, asfaltado, largo e firme, adquirido pelo mérito próprio do fazer ou do deixar de fazer(2).

Enquanto julga os outros, perde a oportunidade de perceber o que de prático e transformador NÃO está acontecendo em seu interior. Se pudesse se olhar no espelho de Cristo por um instante... se questionasse o seu padrão segundo a Bíblia... poderia encontrar-se carente e destemido a ponto de clamar "Senhor, tem misericórdia de mim pecador".(3)

Leia: Mt.7:1-5 (4).


FONTE:
1. Ilustração: http://antipolygraph.org/.

2. Esse tipo de 'liberdade' é ineficaz e acontece dentro de uma prisão espiritual, emocional e, até, física! Lembremos que existem muitos trabalhando que esboçam dogmas aparentemente libertadores, mas defraudam a Graça de Deus com pregações humanistas onde o homem é o padrão para si mesmo.

3. A Bíblia é o padrão de Deus para avaliação do que quer que seja. Qualquer pessoa encontrará nela farto material prático que indicará o caminho seguro da vida que vale a pena ser vivida (Desde que ela seja lida, investigada, interpretada e aplicada dentro de seus contextos), enquanto se submete ao plano de amor do Mestre.

4. E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão. 
NVI -  http://www.bibliaonline.com.br/acf/mt/7 


sexta-feira, abril 20

Uma definição de espiritualidade lúcida...

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
a
Baseado em Marcos 12:30 e 31:
Personalização do texto:
a
"- Amo, pois, ao Senhor meu Deus de todo o meu coração, de toda a minha alma, de todo o meu entendimento e de todas as minhas forças. Amo ao meu próximo como a mim mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses".


quinta-feira, março 29

Não foi acidente! Movimento contra a embriaguez no volante.

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
Quem já foi vítima de um motorista embriagado ou, como dizem alguns, apenas "calibrado", sabe a dor e o sentimento de impotência que se perpetua na hipocrisia da lei que absolve na prática o homem ou mulher que assume o risco de beber, dirigir e afetar o próximo... seja por meio de um atropelamento, seja na forma de acidente, seja na postura moral que deprime o direito de ir e vir dos outros, seja no desrespeito às leis do bem comum. Eu mesmo tive um pai alcoólatra que fazia do carro uma arma. Nunca afetou "ninguém", apenas os seus próprios filhos e sua esposa, expondo-os ao ridículo e à violência que via de regra acompanha tal procedimento.

Aquele que segue a Jesus entende que precisa lutar para que essa situação seja revertida pela conversão do ser humano a Deus... mas se isso não ocorrer, pelo menos por meio de conscientização e boa vontade ou através de leis que preservem o valor comunitário e o bem comum. Sendo assim, convido a todos a participar da campanha da rede BANDEIRANTES de rádio e TV "não foi acidente! Movimento contra a embriaguez ao volante".

Basta acessar o site: http://naofoiacidente.org/site/assine/  e preencher as informações solicitadas, como número do título de eleitor. Se não sabe onde está o título de eleitor, existe ajuda para você encontrar o número e outras informações online, sem perda de tempo.

Vamos ajudar a mudar essa situação em nosso país.

domingo, março 11

SOMENTE GENTE IMPERFEITA PODE SER DISCÍPULO DE CRISTO

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
"Não posso ser discípulo de Cristo sem ser humano e imperfeito. Pessoas que se consideram mais perfeitas que outras, os super-crentes, os semideuses, os líderes que são excelentes no templo, mas seus filhos e esposa discordariam de sua autoproclamada autoridade espiritual, não podem ser discípulos porque seguem projeções de si mesmos. O orgulho de serem 'melhores' que os outros 'pecadores' os fascina e ilude como o reluzente ouro de tolos. Temos que nos aliar a David (Sl.51:16,17), Isaías (Is.66:2b), Lucas (Lc.18:11-14) e Paulo (Rm.7:14-25)...2 buscando a Jesus para que Sua luz continue a revelar os nossos erros e despertando em nós a postura humilde e consciente de Quem Deus é, mas também de quem nós somos. O poder nunca será nosso, pois sem Cristo NADA podemos fazer. Somos como a Lua... apenas refletimos a Luz do Mestre. Vivamos essa verdade hoje e oremos pelos que se consideram "homens de Deus acima dos outros pecadores"...3


FONTES:
1. Camiseta: www.spreadshirt.co.uk - "Olá, eu sou o melhor...".


2. (Nova Versão Internacional):
- Sl.51 -  16 Não te deleitas em sacrifícios nem te agradas em holocaustos, se não eu os traria. 17 Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás.
- Is.66 - 2 Não foram as minhas mãos que fizeram todas essas coisas, e por isso vieram a existir? ", pergunta o Senhor. "A este eu estimo: ao humilde e contrito de espírito, que treme diante da minha palavra.
- Lc.18 - 11 O fariseu, em pé, orava no íntimo: ‘Deus, eu te agradeço porque não sou como os outros homens: ladrões, corruptos, adúlteros; nem mesmo como este publicano. 12 Jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho’. 13 "Mas o publicano ficou à distância. Ele nem ousava olhar para o céu, mas batendo no peito, dizia: ‘Deus, tem misericórdia de mim, que sou pecador’. 14 "Eu lhes digo que este homem, e não o outro, foi para casa justificado diante de Deus. Pois quem se exalta será humilhado, e quem se humilha será exaltado".
Rm.7 - 14 Sabemos que a lei é espiritual; eu, contudo, não o sou, pois fui vendido como escravo ao pecado. 15 Não entendo o que faço. Pois não faço o que desejo, mas o que odeio... 18 Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo. 19 Pois o que faço não é o bem que desejo, mas o mal que não quero fazer, esse eu continuo fazendo... 21 Assim, encontro esta lei que atua em mim: Quando quero fazer o bem, o mal está junto a mim. 22 Pois, no íntimo do meu ser tenho prazer na lei de Deus; 23 mas vejo outra lei atuando nos membros do meu corpo, guerreando contra a lei da minha mente, tornando-me prisioneiro da lei do pecado que atua em meus membros. 24 Miserável homem eu que sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte? 25 Graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor


3. Ver-se como pecador não significa conformar-se com o mesmo. O que anda com Jesus entende que deverá negar-se a si mesmo todos os dias e não colocar fé em si mesmo, ou em seus recursos para ter sucesso na vida cristã. Muito pelo contrário, seu caminho será de dependência cotidiana e total do Senhor!

quarta-feira, fevereiro 22

CENTRALIZADORES: "- você não tem experiência para dirigir".

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

Pastores e/ou líderes centralizadores são como aquele pai que paga as aulas da autoescola para o filho, mas NUNCA o deixa dirigir o carro da família, porque não confia nele o tanto quanto confia em si mesmo para fazer aquela tarefa...
Triste!
Centralizadores são egocêntricos e limitadores de uma vocação bastante elementar do Evangelho de Jesus na vida das pessoas: a autonomia do discípulo.
Este cresce enquanto realiza as ações da Fé na dependência direta do Espírito Santo.  

Mas, o mais incrível, é que muitos sofrem com esse tipo de liderança e se deixam limitar por ela, mesmo que isso deponha contra os propósitos de Deus em sua própria vida...

Liberte-se para ser treinado e servir!

"Portanto, você, meu filho, fortifique-se na graça que há em Cristo Jesus. E as coisas que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar a outros". 2Tm.2:1
FONTE:
1. foto manipulada por CONTRA MÃOS a partir do site revistaautoesporte.globo.com.
2. versão da Bíblia: NVI.

domingo, janeiro 29

TREINAR PARA NÃO ERRAR!

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

Um problema permanente no trabalho com voluntários nas comunidades de fé locais é a falta de habilidade dos líderes em treinar essas pessoas que lhes foram confiadas por Deus(1).


A atenção parece voltar-se insistentemente para o quesito "número de pessoas assistindo" ao culto. Quanto maior esse número (presentes ou pela internet), mais se instala a certeza de que o líder está no caminho certo e a igreja local crescendo como Deus quer. As pessoas gostam de declarar: "- Antes de ele (líder) chegar aqui tínhamos um punhado de pessoas assistindo ao culto. Agora, veja quanta gente! Ele é um homem de Deus".


Mas será que o crescimento espiritual está acontecendo na mesma medida da assistência a cultos?
O que realmente é importante para um discípulo de Jesus quando está em reunião com os outros discípulos? Será que é o sentimento de pertencer a um grande grupo ou é o crescimento espiritual EFETIVO e o preparo para a VIVÊNCIA dos princípios de Deus na vida real? 


É incrível como as pessoas que fazem parte de uma agremiação religiosa podem frequentar um local de cultos por anos a fio sem saberem se estão crescendo e sem serem motivadas a desenvolver seus potenciais pessoais - espirituais, emocionais e materiais - no investimento em gente.


Enquanto não crescem, se enganam com a ideia de que o tempo de frequência a cultos e programas lhes fará amadurecer. Ilusão. 


Quando é que os líderes pararão de investir em pirotecnia emocional de final de semana e olharão com seriedade e senso de vocação para as pessoas ali assentadas?  

Cuidado! Se você tem um líder que não se envolve pessoalmente na sua capacitação prática para o trabalho de Deus (que não é outro senão investir no crescimento integral das pessoas) repense sua permanência nesse local.


FONTES e NOTAS
1. Isso levando em consideração que esses líderes estejam conscientes de sua vocação e atuem na igreja em sintonia com as exigências da Obra de Deus. Infelizmente, temos visto diversos líderes abrindo mão do compromisso pessoal com a vontade de Deus para investir na antiga ideia do "show deve continuar".


2. Ilustração trabalhada por CONTRA MÃOS a partir do seu original in fundamig.org.br

quinta-feira, janeiro 12

Water Ink - criatividade para oxigenar o mundo!

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS
"Sabemos que toda a natureza criada geme e agoniza até agora, como se sofresse dores de parto"(1).
O texto apresenta, dentre outras lições, a justificativa da degradação da natureza: a queda espiritual do homem (verso 20). Este atua como explorador das riquezas criadas dirigido pela insanidade de sua cobiça. A relação que estabelece com o universo ao seu redor é de usufruto irresponsável, violento e individualista.(2)
Assim, fica claro para esse homem deseducado que jogar lixo pela janela do automóvel não se constitui em delito contra o seu próximo, pois o que vale mesmo é a satisfação imediata de sua pretensa necessidade. É impensável para ele deixar aquele objeto indesejável dentro de sua preciosa propriedade móvel! O egoísmo pessoal gerencia suas posturas e ações.
Os discípulos de Jesus são chamados a impactar a Terra com seu amor por tudo o que Deus criou banhados pela gratidão gerada pela graça salvadora que recebem dEle(3). Mas é muitíssimo difícil encontrar uma comunidade de fé que mantém qualquer programa de reciclagem de lixo ou de apoio a iniciativas governamentais ou do terceiro setor nesse sentido(4). É difícil encontrar um grupo que se importa realmente com as necessidades dos vizinhos e do bairro onde está instalada. Dizem que o pensamento está no céu...

O assunto não é simples, mas se começarmos a refletir sobre ele a partir da avaliação séria de nossas motivações interiores em comparação com a Palavra de Deus poderemos chegar mais rápido à sanidade e ao esclarecimento espiritual. 

Abaixo um vídeo criativo e que pode ajudar você a pensar melhor sobre o assunto:(5)
"Dirty water is the leading cause of death in the world. Journalists, help us spread the word" - Água poluída é a principal causa de morte no mundo. Jornalistas, nos ajudem a espalhar a palavra(6).


FONTES E OBSERVAÇÕES:
1. Romanos 8:22 - junção das traduções NVI e Almeida 21: .
2. Foto obtida em: www.cibergentil.wordpress.com.
3. Veja o sensacional texto de Tito 2:11,12 - "Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens e ensinando-nos para que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos neste mundo de maneira sóbria, justa e piedosa" (Almeida 21). Isso não inclui uma ação de preservação da glória de Deus como revelada na criação? Veja ainda Rm.1:20 e Salmo 19.
4. Muitas vezes denominações ajudam a depredar o patrimônio da natureza implantando trabalho em terras de invasão com o fito de levar a salvação! Haveria condições de conjugar as duas iniciativas (Pregação e Preservação) conforme a vontade de Deus? Ou o que acontece com esse mundo não importa ao discípulo? 
5. World Water Day - Solidarités International: http://www.solidarites.org/eau-potable/campagne-Journee-Mondiale-de-leau-2011-eng.shtml.  
6. Tradução nossa.

terça-feira, janeiro 10

Padrão de comparação do sucesso pessoal

"Maior é a pessoa paciente do que o herói de guerra...
Maior é a pessoa que domina a si mesma do que aquela que conquista uma cidade".
Livro bíblico de Provérbios, capítulo 16 e verso 32.  

"Andar com Jesus passa necessariamente pela confrontação da minha realidade pessoal interior com Sua senda de verdades relacionais maduras e transformadoras".
Átila da Silva (2010) .

segunda-feira, janeiro 2

NOVO ANO, NOVIDADE DE VIDA?

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS


O texto do livro bíblico aos discípulos de Jesus em Roma (Aos romanos), em seu capítulo 6 e verso 4, aponta o caminho de posicionamento apropriado diante do "novo ano" àqueles que seguem o Mestre de perto. "Portanto, fomos sepultados com ele na morte pelo batismo, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida"(2).

O discípulo verdadeiro não precisa de uma data especial, ou seja, um 'ano novo' para repensar sua trajetória de vida, pois faz isso diariamente impelido pela orientação bíblica e pelo compromisso de viver a cada dia como morto para a maneira de ser viciada que envolve a sociedade sem Deus: enraizar-se nesse mundo fazendo dele sua esperança e o fator gerador de razão para existir. A gramática do texto(3) afirma que o discípulo de Jesus deve fazer de sua existência uma história de novidade de vida, enquanto anda nesse mundo.

Assim, não precisará de quartas-feiras de cinzas, de anos novos, de natais ou páscoas para que sua mente seja estimulada a fim de rever a existência e pesar os procederes que podem fazê-lo gente nova de dentro para fora(4). Todos os dias pode andar muito melhor e intensamente como um ressuscitado que recebe uma segunda chance para viver.

  

FONTES:
1. Foto inicial trabalhada com editor de imagens PP a partir do original in destination360.com.

2. Texto bíblico da versão Almeida século 21. Vida Nova (www.vidanova.com.br/almeida_bibliaonline.asp). 

3. O texto aos romanos foi escrito em grego koinē: καὶ ἡμεῖς ἐν καινότητι ζωῆς περιπατήσωμεν. kái hēmeis en kainótēti zōēs peripatēsōmen.

4. Não precisamos viver as mesmas relações anestesiantes impostas pelo consumismo, o hedonismo e a correnteza alienadora da maioria que pauta a vida pela normalidade do pensamento midiático geral, do inconsciente coletivo. Romanos 12.2 "E não se amoldem ao esquema deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que vocês façam prova da vontade boa, agradável e perfeita de Deus". (Tradução nossa). 

5. Foto manipulada por CONTRA MÃOS a partir da imagem base in zazzle.com.