quarta-feira, abril 15

Uma Conversa entre Pessoalidades

Átila da Silva para o CONTRA MÃOS

A oração é uma conversa entre pessoalidades.
Falar sobre si mesmo diante de Deus parece uma contrariedade, já que nos conhecemos bem e sabemos que Ele também nos conhece no profundo da nossa alma humana.

Já conversar com o Pai sobre a vida de outros é um desafio, pois se estabelece diante de nós a barreira do desconhecimento. Não sabemos como está o coração da outra pessoa, seu nível de comprometimento com Deus, sua disposição de viver a Sua vontade custe o que custar, etc...

Então, o que sobeja no coração é a intenção, o desejo puro e insistente de ver o melhor acontecendo na vida daquele 
que é alvo da nossa conversa com o Senhor.

Mas qual seria esse "melhor"? Qual seria o melhor para a minha irmã, meu irmão?

Não posso convocar minha experiência, meu script de decisões, minha declaração de compromissos e prioridades como parâmetro de aferimento do que seja esse "melhor".

Assim, apenas resta a apresentação humilde de uma manifestação de fé que compreende que somente o Autor do que seja "o melhor" poderá traduzir meus sentimentos mais profundos de bem, amor e vontade de ver a pessoa, alvo do meu clamor, crescendo e continuando a viver, cada vez mais, a maturidade espiritual e relacional para a Sua glória.

Por isso, meu pedido é que a pessoa seja amparada pelo Espírito Santo e tenha um coração sempre sensível à Sua voz, estando sempre disposta a fazer Sua vontade. Esse deve ser "o melhor"...

FONTE
foto: http://www.village-missions.org/partner/prayer-spotlight/wp-content/uploads/2013/07/praisethelord.jpg